Tags

, , , ,

Desde os anos 50, o nome Grace Kelly é referência de elegância, sofisticação e bom-mocismo. Nascida em 1929 na Filadélfia, Grace Patrícia Kelly, além de musa de um dos maiores diretores da história do cinema, Alfred Hitchcock, e ganhadora do Oscar de melhor atriz por Amar é sofrer (1955), é conhecida por um papel que jamais sonhou em interpretar: princesa de Mônaco.

Grace Kelly marcou o mundo de muitas maneiras, como em seus filmes, sua beleza e até sua trágica morte. Para a moda, Grace deixou de herança um exemplo de sofisticação singular, que até hoje inspira estilistas e adoradores de moda.

Grace Kelly Scarf

Princesa Grace sempre foi adoradora dos lenços, tendo os da marca Hermès como seus favoritos. Ao ver Grace Kelly em uma revista usando uma de suas criações, Robert Dumas-Hermès (estilista da marca na época) batizou o acessório como ‘Grace Kelly Scarf’.

Kelly Bag

Pouco tempo após o casamento de Grace com o príncipe Rainer, a mídia especulava a chegada de um herdeiro para o trono de Mônaco. O boato ficou evidente quando a atriz foi clicada pelos paparazzi escondendo sua gravidez com a bolsa. A imagem estampou a revista Life e multiplicou as vendas do acessório, que ganhou o nome de Kelly Bag e até hoje é um dos caros best-sellers da marca.

O vestido de noiva

Não é a toa que vestido de Grace é copiado até hoje: o traje nupcial da princesa de Mônaco não era menos do que digno de uma rainha. Elaborado por Helen Rose, o vestido era feito de tafetá de seda e tule e decorado com rosas de renda Valenciennes. O véu de noiva era coberto de apliques de renda em forma de pombinhos e milhares de sementes, todas feitas em pérolas.

Janela Indiscreta (1954)

Filme de Alfred Hitchcock, Grace interpreta uma mimada socialite, exibindo um figurino magnífico e uma atuação impecável.

Ladrão de casaca (1955)

Em outro filme, também de Hitchcock, Grace Kelly dá vida a uma milionária, filha de novos ricos. O figurino é mais discreto, porém não menos encantador.

Anúncios