Tags

, , , , ,

Primeiro filme da parceria entre Audrey Hepburn e Hubert de Givenchy, Sabrina (1954) conta a história da jovem filha de um motorista que, após uma desilusão amorosa com David (seu amor platônico e filho dos patrões de seu pai) vai estudar na França e, ao regressar, dois anos depois, desperta o interesse não só de David, playboy incorrigível, mas também de seu irmão Linus, um promissor empresário.

Com figurino assinado por Edith Head, o filme ganhou o Oscar de Melhor Figurino em 1955 contando com os maravilhosos vestidos que Audrey usou no longa, todos da Givenchy e feito sob medida para a atriz. Apesar do figurino ser feito por Edith e Givenchy, a designer não deu crédito algum para o estilista, mesmo tendo ganhado o Oscar a partir do figurino de Audrey feito unicamente por Givenchy.

O figurino mostra a mudança da personagem, da inocente mocinha apaixonada por David para a mulher atraente e sofisticada. O guarda-roupa do começo do filme é simples e fechados, refletindo a personalidade da personagem. Já na segunda parte do filme, as roupas de Sabrina ganham mais personalidade com vestidos em comprimento midi, shorts cintura alta e vestidos tomara-que-caia.

Outro aspecto que marca a mudança e o amadurecimento da personagem é o cabelo. No inicio do filme, Sabrina mantém cabelo comprido e com franja, sempre amarrado em rabo de cavalo ou coque. Contudo, ao regressar de Paris, ela volta com o cabelo “Joãozinho” supercurto, uma das marcas registradas da atriz.

Anúncios