Tags

, , ,

Símbolo da rebeldia nos anos 60, a jaqueta de couro é uma peça atemporal: está sempre na moda. Ainda que tenha um ar irreverente, a jaqueta pode atrapalhar na hora de montar o look se não estiver no tamanho certo.

Uma jaqueta de couro deve estar relativamente justa e encaixar no corpo de forma a criar linhas direitas. Ela deve sempre ser mais ajustada nos ombros, acabar na cintura e estar sempre mais justa do que larga.

Existem três estilos tradicionais de jaqueta de couro, contudo há variações e derivações dos mesmos. Os três modelos básicos são: jaqueta motoqueiro (mínimo de detalhes e dois bolsos na cintura), bomber (com forro de lã) e Fatigue (dois bolsos no peito e enchimento no ombro).

Entre todas as cores de jaquetas, prefira as pretas que, além de mais populares  – e, conseqüentemente, mais baratas -, são mais fáceis de combinar. Afinal, preto é uma cor neutra. Se optar por comprar outra cor de jaqueta, prefira os marrons mais escuros para algo mais discreto. Os mais ousados podem apostar em uma jaqueta vermelha a lá James Dean em “Rebelde sem causa”.

Para looks “informais porém arrumados”, combine a jaqueta com jeans escuro, camisa branca, gravata slim e tênis ou sapato. Para combinações mais casuais, use a jaqueta com T-shirt de cor discreta, calças largas (porém NUNCA caindo) e um tênis. Lembrando que jaqueta de couro fica ótima com óculos estilo aviador, pois dá um ar mais rebelde, vintage – e as meninas adoram.

Anúncios