Tags

, , ,

Um roteirista comunista, uma protagonista estreante e uma figurinista super premiada. Roman Holiday deu um Oscar à Audrey Hepburn em sua estreia e rendeu o quinto Oscar de melhor figurino para Edith Head, um dos maiores nomes de Hollywood quando diz respeito ao figurino.

Segundo Edith, Audrey Hepburn – hoje uma das maiores atrizes que o mundo já viu, além de mulher mais bonita de todos os tempos, tinha “pescoço comprido, seios minúsculos, quadris estreitos e pés gigantescos”. Essa opinião sobre Audrey não afetou a atriz de modo algum, contudo, a figurinista fez de tudo para esconder os “defeitos” de Audrey.

Para os “pés gigantescos” sapatos fechados e sandálias de amarrar. Já os “quadris estreitos e os seios minúsculos” eram escondidos com saias em evasê acentuado e blusas mais larguinhas. O pescoço comprido era escondido a partir de vários lenços e echarpes.

O figurino em si é constituído somente de três peças, dois vestidos de festa da princesa Ann e um conjunto de saia evasê e camisa, figurino em que a princesa foge do palácio.

Anúncios