Tags

, , , , , , , , , ,

Há 97 anos nascia uma das peças de vestuário mais importante para a vida e para a liberdade da mulher: o sutiã. Criado em 1914, por Mary Jacobs que, revoltada em ter que usar seu espartilho com vestidos de festa – pois os mesmos a incomodavam e ficavam sobrando para fora, criou o primeiro sutiã a partir de dois lenços de seda e algumas fitas. A invenção foi posteriormente patenteada por ela e, no mesmo ano, Mary vendeu sua patente para a Warner Brothers Corset, começando assim, a produção industrial da peça.

Protótipo de sutiã feito por Mary Jacobs em 1914

Várias outras versões do sutiã foram inventados, desde a antiguidade grega e romana. Contudo, esse ancestral do sutiã contemporâneo foi banido do guarda-roupas feminino na época da renascença, quando foi iniciado o uso do corset que, posteriormente, na primeira guerra mundial, pela escassez de metais por causa da produção de armas, foi deixado de lado e acabou se tornando obsoleto.

Atualmente, a marca mais famosa de underwear em geral é a Victoria’s Secrets, primeira loja a ganhar uma estrela na calçada da fama. A marca é uma das que mais fatura no ramo, chegando a ter uma receita de 3,7 bilhões de dólares.

Algumas das atuais Angels

Além de acumular capital, a VS também acumula grandes modelos internacionais como suas “Angels”. Já fizeram parte dessa lista Gisele Bundchen, Tyra Banks e Heidi Klum, atualmente fazem parte do grupo das Angels: Alessandra Ambrósio, Rose Huntington-Whiteley, Adriana Lima, Miranda Kerr e Doutzen Kroes.

Anúncios