Tags

, , , , ,

Primeira publicação do ano. ÊêÊêÊêÊê \o/ Antes de falar sobre o post de hoje, queremos desejar um ano novo completamente novo para cada um de vocês. Um 2012 repleto de paz, amor, serenidade e muita, mas muita moda. Agradecemos imensamente as visitas, comentários, retweets e “curtir” no Facebook. Esperamos que no ano que se inicia possamos estreitar ainda mais nossos laços e dar e receber muitas dicas de moda de vocês ♥

Depois de O que eles pensam sobre penteados, vamos continuar a série “cabelos” e descobrir o que eles pensam sobre cortes. Na primeira seção do ano, os meninos abrem o bico e contam pra gente o que acham de determinados cortes de cabelo.

Para facilitar a comparação dos estilos, utilizei a atriz Katie Holmes como primeiro modelo para cada tipo de cabelo.

Cabelo curto: o clássico “joãozinho”. Fácil e prático, mas nem todo homem aprova. Alguns acreditam que o corte deixa o rosto mais feminino.

Katie Holmes, Michelle Williams, Victoria Beckham e Mariana Ximenes

  • André: Provavelmente é o menos querido na opinião masculina, tira da mulher o poder e a imponência que os cabelos ajudam a trazer para ela. Na minha opinião, deixa a mulher com um visual masculino, na verdade.
  • César: Cabelo curto não é um dos meus visuais favoritos, mas pode ficar muito legal – estou falando da Emma “Hermione” Watson. Esse tipo de corte requer muito mais atitude e transfere toda a resposnabilidade de chamar a atenção pra maquiagem. Claro que o cabelo curto chama atenção, mas não é de uma maneira muito positiva; você terá que se puxar muito mais no visual pra compensar a falta das madeixas.
  • Jony: Este é um dos cortes que realmente não gosto. Vejo como um algo masculino e vai contra meu conceito de um rosto bonito.
  • Lucas: Desgosto, mas nem todo mundo fica ruim com eles. Tem aquela atriz… Ahn, não lembro bem agora o nome, e tem… Ah, o Jude Law! Ah, esse não conta. Bom, deixa pra lá.

Cabelo médio: o nome já diz tudo. Nada de muito longo, mas também vai além do “joãozinho”. Ideal para quem não quer se preocupar muito com as madeixas.

Katie Holmes, Alexa Chung, Reese Witherspoon e Gwyneth Paltrow

  • André: Se for bem usado, traz estilo e sofisticação para a mulher. Dependendo do tipo físico, um corte de cabelo médio cai como uma aparência de longo, questão de encaixe.
  • César: Como é difícil falar de cortes, hein? Vou falar desse e do longo juntos, pois nesse caso faz mais diferença para a mulher do que para o homem. É mais questão de praticidade do que de visual; claro que com um cabelão comprido você poderá fazer tranças, pirar um pouco, fazer coques ao estilo Princesa Léia, etc. Já os cabelos médios você terá que se contentar com os penteados que o comprimento permitir. É o visual tradicional.
  • Jony: Aprovados também, geralmente deixam as mulheres mais sexies, em especial os médios lisos na altura dos ombros ou um pouco mais curtos. Considero-os mais ousados também.
  • Lucas: Elegante. Dá um visual mais leve para meninas, embora elas não possam se fiar muito nisso. Final de ano sabe como é. Abusou do pernil e da lentilha, não tem cabelo que ajude.

Cabelo longo: pesquisas apontam ser o preferido entre o público masculino. Mas dá um trabalhão!

Katie Holmes, Jennifer Aniston, Courteney Cox e Sarah Jessica Parker

  • André: Preferência masculina incontestável. Já conheci homens que preferiam cabelos mais curtos, mas nunca conheci um que não gostasse de cabelos longos para as mulheres. São eles que mais contribuem para o visual delas, deixam-nas imponentes e maravilhosas; claro que sempre há um limite, nada de dar uma de “irmã Zuleide”.
  • César: respondido no item anterior.
  • Jony: Longos e sem cachos, minha preferência absoluta. Acredito que seja a preferência da maioria masculina também.
  • Lucas: Longos, do tipo daqueles que flutuam belamente dentro de um Porsche que desce a encosta da Riviera Francesa, muito me gosta. Embora tenham meninas que ficam bem com cabelos longos até descendo de bugue nas dunas de Cidreira.

Franja: independente do corte, uma franja sempre dá um up ao visual. Outros acham que ela infantiliza o rosto.

Katie Holmes, Liv Tyler, Olivia Wilde e Rachel McAdams

  • André: : Pessoalmente nunca fui fã de franjas, gosto de quando elas se incorporam no cabelo. Acho interessantes as franjas com o corte reto transversal para algumas ocasiões, mas por se tratar de um corte de cabelo, prefiro que não seja feito
  • César: A primeira pessoa que vem à minha mente quando se fala de franja é uma só: Audrey Hepburn. Não sei se ela foi a precursora ou se tornou o corte popular; sei que ela é linda com franja. O tipo de franja vai variar muito de acordo com o rosto: se você não tiver um rosto delicado e fino, não use franjas retas. Elas só servirão pra atenuar os traços. O que vale aqui é não cair nos olhos e você se sentir bem com o corte, simples assim.
  • Jony: Aprovadíssimo. Não acho que infantiliza de uma forma negativa o rosto. Deixa jovial sim, mas de um jeito atraente.
  • Lucas: Franja é tipo páprica doce na cozinha. Tem que saber usar, tem que ter a mão certa pra ajeitar de um jeito apetitoso, entende? Tudo é sedução. Páprica doce é sedução.

Para saber mais sobre os meninos que escreveram para essa seção, clique aqui.

Anúncios