Tags

, , ,

Baseado no livro homônimo de Charlott Brönte, Jane Eyre concorre somente ao Oscar de Melhor Figurino, sendo o favorito da categoria. O filme conta a história de uma órfã que vive com a tia que a maltrata, até ser mandada para um colégio interno e, depois, para uma mansão para ser tutora e acaba se apaixonando por seu patrão, até descobrir que seu amado esconde um segredo sombrio.

O figurino é assinado por Michel O’Connor, prestigiado figurinista vencedor do Oscar de Melhor Figurino em 2009 por A Duquesa, e dizem ser o favorito da categoria. Ocorrido na Era Vitoriana, Jane Eyre tem um figurino verossímil à época, inclusive nos detalhes, como chapéus e acessórios.

Tendências da época como o uso de cabelos presos ou meio presos e cacheados, cintura império, volumes excessivos nas saias e maquiagem pálida são explícitas no figurino. Assim como a mulher vitoriana, Jane Eyre (Mia Wasikowska) se revela tímida, sensível, pura e inocente, mesmo com um ar obscuro causado pelo sofrimento de seu passado.

O figurino da protagonista, influenciado por sua infância infeliz e seus traumas, transita entre preto e cinza, em modelos sempre discretos e simples. Contudo, na transformação de Jane de tutora para herdeira, ela passa a usar cores claras e roupas com mais detalhes.

Anúncios