Tags

, , , , , ,

Ela surgiu na década de 50 e logo se tornou um clássico do guarda-roupas feminino. Super sensuais, discretas e, principalmente, elegantíssimas, é bastante comum associarmos o modelo à mulheres de poder. Aqui, no hemisfério sul, a peça foi adotada somente em meados de 1960, ao lado dos escarpins e twin-sets.

Justas, com cintura no lugar e comprimento na altura dos joelhos, vale de tudo no inverno 2012: texturas, cores e fendas. A peça foi adotada em desfiles de nomes como Reinaldo Lourenço, Cori e Patachou.

Bianca Marques, Colcci, Cori, FH por Fause Haten, Patachou e Reinaldo Lourenço

Como usar

Além de deixar o visual mais elegante e feminino, sapatos de salto alto são perfeitos para quem não quer arriscar. É escolha certa! Sapatilhas, oxfords e slippers caem super bem, mas devem ser usados com mais cautela. As gordinhas e as de baixa estatura devem evitar sapatos baixos.

O comprimento deve estar sempre na altura do joelho – um pouco acima ou um pouco abaixo. A peça fica bem em situações informais do dia-a-dia e também em eventos mais sofisticados. Na dúvida, escolha sempre uma camisa branca clássica para situações mais formais (como Michelle Williams fez para a Vogue, na imagem de abertura do post). Camisetas lisas e até mesmo estampadas com jaqueta de couro ou cardigã deixam o look mais apropriado para eventos informais.

Anna Wintour, Tilda Swinton, Selma Blair, Madonna, Miranda Kerr e Alicia Keys

E uma dica: nunca utilize a saia lápis com botas de cano longo. Elas deformam a silhueta e dão um ar pesado ao look:

Kate Middleton

Anúncios