Tags

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Que o cinema e a TV são divulgadores de cultura e principalmente de moda, todos sabem – as maquiagens da Jade de O Clone e o colarzinho com nome da Carrie de Sex and the City que o digam. Com a peça do História da moda de hoje não foi diferente. A Jaqueta Perfecto foi difundida na moda e na música a partir do filme Wild One estrelado por Marlon Brando em 1954.

Criada em meados de 1920 pelos Irmãos Schott, a jaqueta – assim como todas as peças fabricadas por eles, tinha objetivo de ser “indestrutível” em situações como chuva e vento, atraindo assim, a atenção da fabricante de motocicletas Harley Davison, que comprou o modelo dos irmãos Schott e começaram a vende-las em 1930, cinco anos antes da eclosão da II Grande Guerra.

Como final da Guerra, os rapazes que participaram de batalhas, lutas, influenciados pela contra-cultura e por ritmos musicais novos como o Rock’n’Roll, não queriam mais uma vida padronizada com família e filhos, eles queriam a adrenalina que a guerra deu a eles. E, por isso, o uso de motocicletas para transporte e diversão foi facilmente difundido entre os homens da época, que ficaram conhecido como Bikers.

No filme Wild One estrelado por Marlon Brando em 54, o ator sensação da época interpretava o lider de uma gangue de motociclitas e aparecia na maioria das cenas usando uma jaqueta perfecto de couro, uma boina, oculos aviador e calça jeans apertada e com a barra dobrada, não é preciso dizer que a jaqueta invadiu as ruas para demonstrar rebeldia.

A perfecto continuou sendo usada durante os anos 60, principalmente por roqueiros. Nas decadas seguintes, tribos como punks adotariam a jaqueta de couro em geral, como um “uniforme”, na maioria das vezes estilizados por correntes, tachinhas e rebites. Foi na década de 80 que as jaquetas foram anexadas ao vestuario feminino e partir daí, virou peça essencial para qualquer guarda-roupa que se preze.

Anúncios