Tags

, ,

Depois de mostrar o estilo punk/fetichista de Lisbeth Salander, chegou a hora de comprovar que a tendência veio para ficar (pelo menos é o que apontam os best-sellers).

A trilogia Cinquenta Tons de Cinza, da escritora inglesa Erika Leonard, conquistou inúmeros fãs e invadiu o inconsciente coletivo dos fashionistas. Elementos sadomasoquistas que apimentam a relação de Christian Grey (o novo galã do momento) e Anastasia Steele (a jovem submissa) se infiltraram de uma maneira inacreditável nas semanas de moda do mundo todo, servindo de inspiração para os maiores nomes da moda.

Produções mega sexy e repletas de ousasia, com recortes, transparências, corseletes e sutiãs à vista completam a lista de novos queridinhos das pessoas que amam moda.

Como usar

O principal conceito da tendência fetichista é o jogo de revela/esconde que aparece nas transparências, recortes, fendas, corset, decotes e peças justas. Assim, os sintéticos também ganham destaque como couro, vinil, veludo, cetim e rendas. Invista no tule, glitter e paetê, pois eles destacam a peça e também valorizam o look.

Tome cuidado com o exagero! Na hora de apostar na tendência é imprescindível dosar bem a quantidade do corpo que irá mostrar para não se tornar vulgar. Recortes em lugares inusitados e decotes bem dosados são muito bem-vindos, mas não misture os dois na mesma produção.

Quando for escolher os acessórios, invista no estilo gótico chique: tachas, pedrarias e metais amenizam a agressividade da tendência. Os braceletes com referências em algemas são ótimos para compôr alguns looks.

Uma relação sem fim

Não é novidade que vivemos em uma época emque os tabus relacionados ao sexo estão sendo quebrados aos poucos. Esses tabus devem ser quebrados na moda também. E estamos quase lá! Os shorts e saias em comprimentos midi eram duramente condenados pela sociedade, onde as mulheres deviam esconder o corpo. Hoje, essas peças integram o guarda-roupa da moda global como ferramentas que traduzem poder, sedução e sensualidade.

Deixem as páginas dos livros te guiarem! Libertem-se!